Somos amistosos e curiosos, inteligentes e irreverentes, engraçados e atarefados, brincalhões e trapalhões, optimistas e saudosistas, pensativos e cognitivos, ingénuos e ténuos, divertidos e vividos, sabichões e amigalhões, honestos e lestos, vaidosos e afectuosos, empenhados e assanhados, extravagantes e acutilantes, compreensivos e objectivos, sociáveis e admiráveis, distraídos e agradecidos, orgulhosos e atenciosos, pacatos e sensatos. Mas... o que gostamos mesmo... é do Movimento Novos Rurais!

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Quinta agrícola recebe prémio de empreendedorismo

   
Trabalhadores são pessoas com deficiência




Quinta cultivada por pessoas com deficiência distinguida pelo Instituto de Empreendedorismo.


A Oficina Agrícola do Centro de Apoio a Deficientes do Alto Tâmega (CADAT), que surgiu em Boticas em 2004, foi ontem "reconhecida pelo Instituto de Empreendedorismo Social como Iniciativa de Elevado Impacto Social", disse à Lusa Pedro Vaz, director técnico do Centro.

Apoiado pela Santa Casa da Misericórdia, este programa terminou em 2008, mas estendeu a sua continuidade como "uma mais-valia em termos de auto-estima e integração ocupacional dos utentes", como sublinhou o responsável.

"Quando iniciámos esta oficina tínhamos utentes que pouco falavam e interagiam. Hoje interagem de forma mais dinâmica e ficam contentes com os frutos do seu trabalho", sublinhou o director. No ano passado, os utentes do Centro de Apoio a Deficientes do Alto Tâmega colheram mais de dois mil quilos de batatas e mais de mil tomates.

O prémio é um "reconhecimento do trabalho destes utentes e da equipa que os acompanha. Para nós foi muito bom", afirmou ainda Pedro Vaz.

Para o director, o objectivo do CADAT é continuar a trabalhar porque "ocupar e motivar utentes com deficiência não é fácil. É preciso muito trabalho de equipa." Segundo Dulce Fernandes, engenheira agrícola e responsável pela oficina, a integração dos utentes é, de facto, uma das maiores dificuldades com que a equipa tem de lidar, pelo que o trabalho deve ser contínuo.

Para mais tarde, permanece o desejo do CADAT de ter uma quinta biológica com animais de pequeno porte, como galinhas, coelhos e patos - ou seja, "animais com que os utentes estão familiarizados porque são provenientes de famílias que se dedicam à agricultura", concluiu Pedro Vaz. 



Fonte:Lusa




Partilhar

2 comentários:

  1. INVESTIMENTO PESSOAL rápido, fácil e fiável:
    Vocês que têm problemas financeiros, vocês que tem necessidade de investimentos não faz mais preocupações. Tinha necessidade de um investimento pessoal para uma empresa familiar. De acordo com as minhas investigações sobre o nítido a fim de obter um empréstimo em linha, caí sobre uma mulher de negócio portuguesa de boa vontade e boa fé a Sra. ANA CASEIRO (anacaseiro434@yahoo.pt) que concedeu-me um investimento (crédito) de 120.000 EUR por transferência bancária sem nenhum problema e sem nenhum protocolo após ter respeitado as suas condições. Continua sempre ajudar as pessoas que têm problemas financeiros e permite-lhes resolver os seus problemas. Faço este testemunho porque é graças à Sra. ANA CASEIRO que pude realizar o meu projeto. Se tiver problemas financeiros e que tem necessidade dos seus serviços contactam lá rapidamente a fim de encontrar solução aos vossos problemas.Pode contactar-o pelo seu email: anacaseiro434@yahoo.pt

    ResponderEliminar
  2. Olá

    Oferecemos parcerias e pessoal e comercial empréstimos a uma taxa de 3%, para €5.000-- €3.000.000-- 1 ano e prazo 30 anos em todo o mundo.
    Inscreva-se agora !!
    Cordialmente
    SANSONETTI
    Mail: info@sansonetti-finances.com
    sansonettifinance@yahoo.com
    Endereço: 29 Neuve des Boulets, 75011 Paris, França
    Tel +33788084107

    ResponderEliminar