MyFarm: o Farmville da vida real



O National Trust britânico lançou MyFarm, permitindo que 10 mil pessoas passem a gerir uma quinta real através da Internet. Para promover a importância da agricultura.

(MyFarm)
(MyFarm)
Provavelmente já conhece ou ouviu falar do FarmVille. O jogo social da Zynga tem mais de 62 milhões de utilizadores e é um sucesso incomparável no Facebook, inspirando o National Trust do Reino Unido, a lançar uma experiência única: a instituição convida 10 mil “agricultores digitais” a gerirem uma quinta através da Internet. Chama-se MyFarm e requer uma inscrição anual de 30 libras (cerca de 34 euros).
O processo de gestão do MyFarm é democrático, com debates e discussões. E decisões tomadas pela maioria sobre todos os assuntos possíveis e imaginários: desde que sementes comprar, aos animais a criar ou em que máquinas se deverá investir. A quinta escolhida é o Wimpole Estate em Cambridgeshire, uma propriedade de 1000 hectares que será gerida pelos 10 mil participantes com a ajuda de agricultores profissionais.
Estes agricultores digitais, no entanto, não têm licença para destruir a quinta. Wimpole Estate vai ter uma equipa especializada de agricultores, que apresentarão aos participantes diversas escolhas possíveis na altura das votações. Também serão disponibilizados todo o tipo de materiais educativos para ajudar os participantes a familiarizarem-se com o dia-a-dia de uma quinta.
A gestão de MyFarm corre o risco de não ser tão interessante como um jogo para muitos dos participantes – a gestão de uma quinta real é bem mais complexa do brincar às quintas virtuais -, mas por outro lado, os erros, aqui, têm consequências reais e esse é, certamente, o fascínio do projeto.

Fonte: MOVIMENTO MILÉNIO



Partilhar

Comentários

  1. Ouvi na imprensa que o Politécnico de Beja vai implementar um Farm Ville real. Como me posso inscrever?
    Cumps

    ResponderEliminar

Enviar um comentário