Governo desbloqueia 25 milhões e assegura apoios do PRODER

















Os pagamentos do Programa de Desenvolvimento Rural (PRODER) em dívida vão ser efectuados em breve, uma vez que o Governo desbloqueou a contribuição nacional de 25 milhões de euros necessária para receber 75 milhões de euros de apoio comunitário.

Fonte do Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território avançou à agência Lusa que o Governo conseguiu a libertação das verbas nacionais para pagamentos do PRODER, um passo indispensável para serem desbloqueados os apoios financeiros comunitários para o sector, num montante global de 100 milhões de euros.

Com este valor, segundo a mesma fonte, "ficam assegurados, de imediato, os pagamentos em dívida aos beneficiários de todos os projectos do PRODER, incluindo modernização das explorações, todas as instalações de jovens agricultores, regadio do Alqueva e Eixo 3.

Este pagamento vai ao encontro do esforço de investimento do sector, adiantou a mesma fonte, realçando que "grande parte dos pagamentos tem um retorno fiscal para o Orçamento do Estado, através da cobrança de IVA no investimento, bem como aumento de receitas de IRC, TSU e IRS".

No final de Julho, numa audição na Comissão de Agricultura e Mar da Assembleia da República, a ministra da Agricultura assegurou que o Governo estava a fazer tudo para alocar mais 50 milhões de euros para garantir o aumento da comparticipação nacional no PRODER, para que não haja atrasos nos pagamentos aos agricultores e penalização por parte de Bruxelas por devolução de fundos.

"Estamos a trabalhar, em conjunto com o Ministério das Finanças, para que isso seja uma realidade a muito breve trecho, mas só nessa altura o direi", afirmou então Assunção Cristas, adiantando estar a trabalhar para que "não haja mais atrasos" e que até ao final do ano não ocorram mais situações de falta de dinheiro no PRODER.

Lusa

Comentários

  1. INVESTIMENTO PESSOAL rápido, fácil e fiável:
    Vocês que têm problemas financeiros, vocês que tem necessidade de investimentos não faz mais preocupações. Tinha necessidade de um investimento pessoal para uma empresa familiar. De acordo com as minhas investigações sobre o nítido a fim de obter um empréstimo em linha, caí sobre uma mulher de negócio portuguesa de boa vontade e boa fé a Sra. ANA CASEIRO (anacaseiro434@yahoo.pt) que concedeu-me um investimento (crédito) de 120.000 EUR por transferência bancária sem nenhum problema e sem nenhum protocolo após ter respeitado as suas condições. Continua sempre ajudar as pessoas que têm problemas financeiros e permite-lhes resolver os seus problemas. Faço este testemunho porque é graças à Sra. ANA CASEIRO que pude realizar o meu projeto. Se tiver problemas financeiros e que tem necessidade dos seus serviços contactam lá rapidamente a fim de encontrar solução aos vossos problemas.Pode contactar-o pelo seu email: anacaseiro434@yahoo.pt

    ResponderEliminar

Enviar um comentário