Somos amistosos e curiosos, inteligentes e irreverentes, engraçados e atarefados, brincalhões e trapalhões, optimistas e saudosistas, pensativos e cognitivos, ingénuos e ténuos, divertidos e vividos, sabichões e amigalhões, honestos e lestos, vaidosos e afectuosos, empenhados e assanhados, extravagantes e acutilantes, compreensivos e objectivos, sociáveis e admiráveis, distraídos e agradecidos, orgulhosos e atenciosos, pacatos e sensatos. Mas... o que gostamos mesmo... é do Movimento Novos Rurais!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Concurso para hortas urbanas em Benfica e Campolide

Concurso para hortas urbanas em Benfica e Campolide



Encontra-se aberto o processo de candidatura para atribuição de talhões de cultivo para a prática de agricultura urbana, em dois novos Parques Hortícolas da cidade, cujas obras deverão estar concluídas ainda no presente mês. Os concursos têm inicio a 6 de Outubro e decorrem até dia 20 do presente mês. 
No novo Parque Hortícola da Quinta da Granja (freguesia de Benfica) dos 38 novos talhões agora construídos, perto de 15 estão a concurso, sendo que os restantes foram já atribuídos aos hortelões que ali exerciam a sua actividade há vários anos. Com cerca de 150 m2/cada, estes  talhões destinam-se em exclusivo a hortas sociais e terão um custo anual de cerca de 55 euros, de acordo com a recente alteração aprovada em reunião de Câmara que estabelece descontos de 80% para a ocupação de terrenos para fins rurais, de Hortas Sociais em Parques Hortícolas Municipais. Os hortelões terão ainda acesso a água para rega e uma casa de arrumos.
No Parque Agrícola dos Jardins de Campolide (freguesia de Campolide), junto às instalações da Polícia Municipal, estão disponíveis cerca de 22 talhões para Hortas de Recreio, com áreas entre os 80m2 e os 100m2. O valor a pagar por talhão será entre 55€ e 100€ por ano, de acordo com a alteração aprovada em reunião de Câmara que estabelece descontos de 20% para a ocupação de terrenos para fins rurais, de Hortas de Recreio em Parques Hortícolas Municipais.
Aos preços acima referidos acresce, ainda, o pagamento de uma comparticipação pelos custos suportados pela CML com o funcionamento e manutenção das partes comuns dos Parques Hortícolas. Montantes que serão objecto de acerto no final de cada ano de ocupação, em função dos custos efectivamente suportados.
A apresentação da candidatura terá de ser efectuada até dia 20 de Outubro através da entrega, em formato de papel, da respectiva Ficha de Candidatura e de fotocópias do Bilhete de Identidade e Cartão de Contribuinte ou Cartão de Cidadão e de documento comprovativo da residência.
Os interessados poderão consultar as regras de candidatura e selecção de candidatos, bem como as regras de utilização do Parque Hortícola nas instalações da CML sitas no Campo Grande, nº 25 – Balcão Único ou no sítio institucional da CML na internet (www.cm-lisboa.pt).
Hortas Urbanas - Anúncio -Quinta da Granja

Sem comentários:

Enviar um comentário