O Direito à alimentação e à soberania alimentar


Círculo de Leitura e Seminário
O Direito à alimentação e à Soberania Alimentar

Um novo paradigma focado no bem estar, resiliência e sustentabilidade tem de ser criado para substituir o paradigma produtivista e assim apoiar melhor a realização plena do direito a uma alimentação adequada.
A equação é complexa, mas pode ser resolvida.”
Olivier De Schutter

Este Círculo de Leitura e Seminário que o CIDAC organiza insere-se num ciclo de iniciativas que visam dar a conhecer, debater e aprofundar os conhecimentos sobre questões globais dos modelos de produção e consumo alimentar e abordando alternativas em favor da Soberania Alimentar.

Este ciclo de iniciativas é dedicado ao debate sobre o Direito à Alimentação e à Soberania Alimentar e o convidado de referência é Olivier de Schutter, relator especial da ONU para o Direito à Alimentação.

Olivier De Schutter proferirá também uma conferência aberta ao público no dia 20 de maio, às 18.30h, no Auditório 3 da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Círculo de Leitura
29 de abril das 18h às 21h
06 de maio das 18h às 21h
13 de maio das 18h às 21h

Orientado por Carolina Leão
membro da equipa de coordenação. do NOEs – Núcleo de Pesquisa Outras Economias (Mó de Vida Cooperativa – Portugal & Universidade Federal Fluminense – Brasil) Investigadora no SOCIUS/ ISEG – Universidade de Lisboa

Seminário
19 de maio das 16h às 21h
Orientado por Olivier De Schutter
Língua de trabalho do Seminário: Inglês

Inscrições
Pedimos a confirmação até ao dia 24 de abril, através do envio da ficha de inscrição (em anexo) para ed-ja@cidac.pt

Cada uma destas atividades tem um número de pessoas limitado a 20 participantes. Será dada prioridade a pessoas que se inscrevam nas duas atividades.

Inscrição no Círculo de Leitura 15€
Inscrição no Seminário 10€
Inscrição no Círculo de leitura e Seminário 20€

Pagamento por transferência bancária após confirmação da inscrição.

Local
Centro de Recursos para o Desenvolvimento do CIDAC, Rua Tomás Ribeiro, nº3 (perto da estação de metro de Picoas)

Estas atividades realizam-se no âmbito do projeto “Do Campo para o Prato, o direito à alimentação e à Soberania Alimentar em debate”.
Apoio:

Instituto Camões, Fundação Gulbenkian, Jornal Público

Comentários

Mensagens populares