Somos amistosos e curiosos, inteligentes e irreverentes, engraçados e atarefados, brincalhões e trapalhões, optimistas e saudosistas, pensativos e cognitivos, ingénuos e ténuos, divertidos e vividos, sabichões e amigalhões, honestos e lestos, vaidosos e afectuosos, empenhados e assanhados, extravagantes e acutilantes, compreensivos e objectivos, sociáveis e admiráveis, distraídos e agradecidos, orgulhosos e atenciosos, pacatos e sensatos. Mas... o que gostamos mesmo... é do Movimento Novos Rurais!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

CONGELAR ERVAS AROMÁTICAS

A congelação de ervas aromáticas é uma técnica muito útil que permite que possa usufruir por mais tempo dos “cheiros” que plantou em casa.

As ervas aromáticas congeladas conservam a sua fragrância durante 3-4 meses, podendo utilizá-las em sopas, guisados, estufados e molhos.
Sendo que a secagem das ervas aromáticas não se adequada a todas (ex.: salsa, manjerona), a congelação torna-se também nestas situações uma excelente alternativa para a sua preservação durante um período de tempo mais alargado.
Para congelar ervas aromáticas precisa:
- Lavar e secar bem as ervas aromáticas;
- Picar as ervas;
- Congelar em pequenos recipientes ou nos tabuleiros dos cubos de gelo com um pouco de água.
Como alternativa pode reduzir cada erva a puré com um pouco de azeite numa picadora e congelar em sacos ou recipientes plásticos.




Sem comentários:

Enviar um comentário