10 benefícios do gengibre para a saúde



São muitos os benefícios concedidos pelo gengibre à saúde humana em todos os seus aspectos. 

Eles podem ser listados de diversas maneiras tanto no sistema digestivo como no combate às bactérias, no processo de desintoxicação, no combate a doenças respiratórias, no tratamento de problemas relacionados ao sistema respiratório, no combate dos enjoos matinais e infinitas outras coisas mais que poderiam ser citadas. Aqui, entretanto, serão elencados apenas os 10 mais importantes, que se julga serem os essenciais para as necessidades humanas nos aspectos gerais do dia a dia. São eles:

1.  A proteção contra bactérias e fungos: o gengibre possui ação antioxidante e anti-inflamatória, o que lhe garante a eficácia na proteção contra bactérias e fungos. Ele é um grande auxílio naquilo que diz respeito às infecções causadas por esses microorganismos que podem causar doenças como impetigo, botulismo, hanseníase, meningite, tétano e muitas outras. Seu uso regular garante essa proteção.

2. Ação expectorante: o gengibre é expectorante e sudorífero, o que quer dizer que ele auxilia na expulsão das secreções do sistema respiratório. Isso ocorre devido aos extratos do gengibre, elementos que estimulam os centros vasomotor e respiratório, que auxilia no tratamento de congestão nasal, combate à gripe, resfriado e diversos outros males que causam complicações ao sistema respiratório. Além disso, ele induz à transpiração e ao suor, propriedade que se configura como indispensável para a eliminação de líquidos no corpo, bem como para a liberação toxinas e bactérias.

3. Ação emagrecedora: o gengibre possui ação emagrecedora porque tem ação termogênica, ativa o metabolismo e auxilia no processo da queima de gordura. Muito cuidado, contudo, com essa propriedade. A aceleração do metabolismo pode causar complicações à saúde de pessoas que já tenham o metabolismo desregulado. Nesses casos, é imprescindível observar as reações do corpo. Se necessário, suspenda o uso e procure a orientação de um médico.

4. É estimulante para o TGI: o gengibre aumenta o peristaltismo e o tônus do músculo intestinal, o que impede a formação de gases para o aparelho digestivo. Nesse sentido, além de auxiliar no bom funcionamento do sistema digestório, provoca uma incrível sensação de bem estar porque evita cólicas e dá sensação de leveza ao corpo.

5. É Afrodisíaco: o gengibre é considerado um vegetal afrodisíaco devido ao seu óleo, que, quando utilizado para massagear o abdômen, causa uma irresistível sensação de aquecimento que conduz à libido e, conseqüentemente, tende a aumentar o desejo e a sensação de prazer na relação sexual.

6. Promove o esvaziamento do estômago: a liberação de enzimas promovida pelo gengibre traz como conseqüência o esvaziamento do estômago, o que proporciona sensação de leveza e bem estar. Entretanto, muito cuidado com as reações que o organismo pode ter a esse fenômeno. Diante de qualquer anomalia ou sensação de mal estar é recomendado suspender o uso. Caso os efeitos não cessem, procurar um médico o mais rápido possível.

7. Trata dores, inflamações e cefaléias: o suco, pasta ou óleo essencial do gengibre é utilizado para o trato de dores, inflamações e cefaléias. Isso causa sensação de conforto e alívio de estresse, já que muitas vezes esses sintomas atingem também o sistema nervoso da pessoa.

8. Trata problemas relacionados ao reumatismo, artrose, contraturas musculares, lombalgia e cervicalgia. Uma massagem local feita em conjunto com fricção sobre a pele, acompanhada pela pasta ou óleo essencial do gengibre, trata essas enfermidades ligadas à musculatura humana.

9. Trata rouquidão, inflamação de garganta, tosse e secreção: suas propriedades picantes e amornantes o tornam eficaz no trato desses males.

10. A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) reconhece a  eficácia que o gengibre possui contra enjôo e náusea. Inclusive, seu uso tem sido testado em pacientes que se submetem a sessões de quimioterapia e tem obtido resultados satisfatórios.
As ações no corpo humano são inúmeras e os benefícios são também incomparáveis. O uso do gengibre traz, sem duvida alguma, maior qualidade de vida e de saúde. Contudo, é importante ressaltar que há grupos de risco quanto ao consumo do gengibre. Deve ser evitado por pessoas que apresentem quadros de distúrbios hemorrágicos porque ele possui ação favorável às hemorragias. Gestantes devem consumir com cuidado. Como ele ativa o metabolismo, não é indicado para pessoas que sofrem de hipertireoidismo. É também contra indicado para pessoas que sofrem de cardiopatia e diabetes.

Novos Rurais - Farming Culture Feito com ❤ por 230.000 amantes da natureza. https://www.facebook.com/novosrurais.farmingculture 

Comentários

  1. Gosto muito do gengibre e já lhe conhecia essas propriedades.
    No entanto, tenho de salientar que há tempos descobri (por experiência própria) que quando consumido em excesso, provoca insónias!.

    Parabéns pelo blog

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, verdade :) mas penso que o meu problema era a combinação 2 cafés por dia + beber o chá de gengibre antes de ir dormir.
      Continuo a fazer isto mas bebo o ché logo de manhã. Posso dizer que este ano já me ajudou a curar uma dor de garganta e uma constipação sem recorrer a medicamentos.

      Obrigada pelos seus post's. :)

      Eliminar

Enviar um comentário